quarta-feira

escritores ou inscritores

Luís Antônio Giron é um ótimo jornalista e escritor. Grande conhecedor de música clássica e popular, escreveu uma bela biografia sobre Mário Reis (Mário Reis - o fino do samba). Às vezes o encontro em cabines de cinema (sessões de filmes para críticos e jornalistas) e concertos. Gosta de uma polêmica e não teme emitir sua opinião. Mas, ao contrário de tantos "colunistas" polêmicos que hoje campeiam pelas páginas dos jornais e revistas, seus artigos sempre tem substância. Valem a pena ser lidos e discutidos.

Ontem, no site da revista época, ele tocou num vespeiro: os critérios dos concursos literários brasileiros que premiam sempre as mesmas pessoas, deixando de reconhecer os novos talentos. Recomendo a leitura.

Escritores ou inscritores?

5 comentários:

  1. Luiz,

    Li e concordo com Giron em gênero, número e grau. Obrigada, pela indicação!

    ResponderExcluir
  2. Longe de mim ser "CRÌTICO LITERÁRIO", mas vou ler o Giron.

    ResponderExcluir
  3. Não sou leitor e muitos NOVOS escritores brasileiros, mas a verdade é que o Leite Derramado foi a melhor coisa que li em 2010, e considero o melhor romance brasileiro contemporâneo. Agora, quanto aos critérios de inscrição e premiação, as EDITORAS e os PATROCINADORES é quem tem que definir as REGRAS É o que penso! Os ESCRITORES podem estar sendo vítimas de ciladas comerciais!

    ResponderExcluir
  4. Eduardo,

    O livro do Chico é realmente muito bom. E o Giron reconhece, mas fala dessa tendência sobre premiações de medalhões e da faltsa de ousadia das editoras e dos concursos de ir atrás de novos nomes. E tem gente muito boa por aí.

    ResponderExcluir
  5. Julieta,
    Parabéns pelo seu livro!!!

    ResponderExcluir

Dê seu pitaco