terça-feira

Yes, we can... eat rucula


Fiquei sabendo hoje pelo blog Literatura Cotidiana, onde escreve o Marco Bogato, que o Obama quase perdeu a eleição porque come rúcula. Fui pego de surpresa e pesquisei na internet algumas referências sobre o assunto. Durante a campanha Obama comentou, num estado produtor de milho, que o preço da rúcula estava os olhos da cara (the eyes on the face). Bastou para que os mais conservadores americanos o chamassem de elitista. Um político ligado a Bush pai disse que precisou procurar o que era rúcula no dicionário. Me espanta que ele soubesse a utilidade de um dicionário, além de substituir pés quebrados de camas ou servir de suporte para o monitor de computadores.

Nos EUA, candidato que honra o nome e as calças tem de comer aqueles horrorosos e gordurentos churrascos de hamburguer, regados de cerveja aguada, quase choca. É como nossos candidatos que só mostram a força de seu caráter quando sentam num aprazível botequim e degustam uma saudável buchada de bode, com o suor escorrendo em bicas pela fronte.

Pobre Obama, homem elegante, casado com uma bela mulher (as americanas invejam seus braços longos e firmes) e pai de duas lindas filhas, que arrumam sozinhas a cama e ajudam a lavar os pratos depois do jantar. Fico imaginando o cardápio da família, que não deve ser divulgado para não assustar ainda mais os eleitores conservadores.

No Brasil, a rúcula é bem popular e pode ser encontrada em duas versões: a hidropônica (cultivada em água com nutrientes) e a tradicional, que cria raízes na terra. Eu prefiro a que brota da terra, cujo gosto é um pouco mais amargo, mas mais saboroso, principalmente com tomates, regada a azeite e limão.

8 comentários:

  1. Sou também rúculatarado!
    Mas não só, como também um bom agrião, alfaces e verdes em geral. Não passo um dia sem um bom prato de paisagem, como dizem os amantes de arroz com feijão!

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  2. Gostei do prato de paisagem!
    abraço

    ResponderExcluir
  3. Rúcula para mim também! Com azeite e limão, nem mais!

    ResponderExcluir
  4. "Gostei do prato de paisagem" 2 hauhauha
    Eu sou tarada por alface.. mas de folha.. só alface mesmo..

    Muito legal o texto..
    abrsss

    ResponderExcluir
  5. Ah,we can eat tudo!!!
    Eu prefiro espinafre...

    ResponderExcluir
  6. Olha, concordo 100% com Obama!
    Adoro rúcula - que é riquíssima em muita coisa especialmente cálcio - gosto da rúcula selvagem (a que é mais recortada) - e tb digo que "está pelos olhos da cara" - uma embalagem pequena (120 gr) custa 1,99 euros. Deixei de comprar pq acho um escândalo a subida do preço. Agora vão os canónigos. Não têm aquele sabor exótico da rúcula, mas olha, paciencia, rs

    ResponderExcluir
  7. Lilia,.

    Me diga o que são os canónigos. Fiquei curioso.

    ResponderExcluir
  8. Fico honrado pela reverberação, obrigado! Grande abraço,

    ResponderExcluir

Dê seu pitaco